Arquivo da tag: introdução alimentar

Introdução alimentar – Dicas de Papinha

E então finalmente o bebê é liberado para conhecer os sabores que existem espalhados por aí. Inicialmente o médico libera banana prata, mamão papaya, suco de laranja da ilha, maçã, pera,etc., depois as papinhas de verduras e legumes e em seguida carne.

Assim que a médica da minha pequena liberou, achei que de primeira ela iria tomar uma chuquinha de suco e pedir mais rsrs. Ilusão, até hoje ela não é tão fã de suco, prefere chá (e de hortelã). No começo a pediatra permitiu usar apenas uma fruta por dia, principiei com a banana, super fácil, depois o mamão, me assustei no dia da pera, mas superei no dia da maçã.

Passado alguns dias, Mariana finalmente ia saber o que era almoçar! Confesso que derrapei legal nessa fase, soube certinho montar um cardápio semanal, afim de que ela sempre tivesse variadas cores e sabores em sua refeição, e apesar de ter lido, lido e lido que bater e coar não era legal, não gostava da textura de apenas amassar as verduras, então foi nesse momento que errei “bonito”. Após alguns dias, mesmo mamando, o intestino dela prendeu, ouvi de várias pessoas que até 07 dias sem evacuar era normal, mas no 5º minha pequena já estava e irritada e mais uma vez derrapei. Por conta própria, cansada de ver a Mariana fazendo força, chorando e não conseguindo evacuar resolvi usar supositório. Vou nem entrar muito nos detalhes porque ela chorou (muito), sentiu mal estar e nada de coco. Estava próxima da consulta à pediatra então resolvi esperar e advinha quem levou bronca!

Analisando hoje, entendo que fiz errado, mas ao mesmo tempo quis ajudar minha bebê. A médica me disse que realmente acontece do bebê, em fase inicial de introdução alimentar, prender o intestino. Liberou o tamarindo (que a menina adorou), papinha de ameixa dessas industrializadas (mas só a de ameixa e uma vez na semana no máximo) e passou uma receita de chazinho (vou colocar aqui para vocês). Depois de mais tranquila, de seguir todas as orientações dela e de parar de bater a papinha, o intestino da Mariana começou a funcionar igual a um reloginho. Vou dar algumas receitinhas de papinha que mais fizeram sucesso aqui em casa e espero que ajude a passar essa fase inicial e lembrem-se criatividade é tudo (até na hora da papinha) e não existe fórmula mágica para ser mãe, apenas entender nosso sentimento.

Chá milagroso ou libera intestino:
3 ameixas secas;
200ml de água filtrada;
Ferva a ameixa na água, espere esfriar e dê o chazinho para o bebê. Espere e pronto, reabasteça o estoque de fralda.
Dei o chá por uns 03 dias seguidos e às vezes ainda utilizo por aqui. Mesmo com 1a 3m o intestino dela ainda prende.

Papinha de carne, mandioquinha e cenoura
100g de carne magra, geralmente patinho;
1 fatia de abóbora kabotiá;
1 cenoura;
Água filtrada.

Afogue a carne (cortada em cubos, aqui em casa era sem óleo), até a liberação do médico é sem tempero mesmo, assim que ela estiver moreninha, adicione as verduras, cubra com água, tampe e espere cozinhar bastante. Separe a carne e depois é só amassar. Pode amassá-las separadamente ou não. Resista a tentação de bater ou peneirar.

Papinha de frango, batata doce e chuchu
100g de frango;
1 batata doce pequena
1 chuchu
Água filtrada.

O preparo é igual ao anterior.

Papinha de carne, arroz e cenoura
100g de carne magra;
3 colheres de arroz;
1 cenoura;

Papinha de frango, brócolis e macarrão
100g de frango;
2 brócolis,
1 xícara de macarrão.
Água filtrada.

Papinha de carne, beterraba e batata
100g de carne magra;
1 beterraba;
1 batata;
Água filtrada.

Para os primeiros meses, utilizava bastante alho, cebola, cheiro verde e ervas finas no tempero, só após os 09 meses comecei a utilizar sal. Semanalmente fazia um cardápio, para variar nas frutas e legumes. Preste bastante atenção nos sabores que mais agradam o bebê e abuse da criatividade na hora de preparar a refeição da criança, em qualquer fase. O mais importante é um prato com variadas cores, texturas, sabores, mas principalmente, elaborado com muito amor.

 

Raíssa Abrão por Raíssa Abraão